terça-feira, 25 de setembro de 2007

TERÇA

História
(Calote)

No século XVIII surgiu uma expressão bastante usada até hoje. Quando se diz que alguém levou o Calote lembra-se das feiras livres. NA época quem dava o calote era o comerciante que pretendia vender algo. O calote é uma pequena amostra do Calo, prova de queijos ou frutas. Daí vem duas versões: Um comerciante oferecia o calo de uma fruta, ou um queijo de melhor qualidade. Então o comprador dizia que comprou a mercadoria pelo calote. Ou ainda o comprador, provava o alimento e não comprava e o comerciante então dizia que o safado lhe levou o calote.

Notícia
(Regime)

Os monges budistas desafiaram hoje mais uma vez a Junta Militar de Mianmar e a sua ameaça de reprimir as manifestações a favor da democratização do país. Cerca de 500 religiosos se concentraram no grande pagode de Shwedagon, na parte antiga de Yangun, com a intenção aparente de sair em passeata. Os militares usam megafones para avisar ao público que reagirão se houver protestos.

Da Redação
(Editor contra todos os regimes)
É incrível que ainda seja necessário falar sobre regimes autoritários como esse. Infelizmente ainda há outros casos como Cuba e agora outros regimes que se assemelham ao despotismo esclarecido ao contrário, ou seja, Um regime pretensamente democrático com características e inspirações ditatoriais e um viés grande de perpetuação do poder. Ex. A Venezuela. Cuidado, isso é uma doença, e pega!

2 comentários:

Carlos Mota disse...

Incrível, fantástico, extraordinário, inexplicável, avassalador!!! Hoje o Tiago se superou e eu sou obrigado em concordar com ele em tudo!!!!

Ollie disse...

Curioso é uma universidade americana convidar o presidente do Irã para palestrar aos seus acadêmicos, e ouvir um monte de desaforos (todos verdades, diga-se de passagem, como o fato dos EUA quererem gerenciar o mundo) sobre seu país, governo e povo.
Mas quando o totalitário do oriente quis visitar a cratera das twin towers, foi proibido.
Coisa de americano. Eles que são totalitários, que se entendam.