terça-feira, 2 de outubro de 2007

TERÇA

HISTÓRIA
(Hospital Alemão)

O hospital Moinhos de Vento nasceu há exatos 80 anos. Na época, em 1927, o hospital se destinava a atender os imigrantes alemães que tinham dificuldades com a língua e também com costumes na nova terra para onde migraram. O nome escolhido foi Hospital Alemão, sendo modificado em 1942 por ocasião da segunda Guerra mundial. Célebre por ser um hospital de excelência, é também, hoje, um hospital extremamente popular entre todas as camadas da população.

NOTÍCIA
(CPI dos Pedágios)

Apesar do depoimento do Conselheiro da AGERGS, Guilherme Socias Vilela, apresentar várias contradições, A CPI resolveu não aceitar propostas de requerimentos de novas testemunhas. O relator Berfran Rosado deve apresentar nos próximos dias o relatório dos trabalhos da comissão.

DA REDAÇÃO
(nasci chorando...)
Em 1980 eu nasci no hospital Moinhos de Vento. Sempre estufei o peito pra dizer isso. Hoje na data dos 80 anos, eu me sinto feliz e gratificado como se fosse, um pouco, meu aniversário. Já sobre a Assembléia Legislativa, é uma piada. Se vale a pena comentar, eu digo que o assunto investigado é diretamente relacionado com a atuação do relator que na época da implantação dos pedágios era um dos responsáveis pelo assunto. Infelizmente o Rio Grande do Sul não nega ser um estado Brasileiro, igual até na vergonha política, a qualquer outro.

3 comentários:

Carlos Mota disse...

O Tiago nasceu chorando...
Grande novidade. Se ele tivesse nascido dando gargalhada aí sim eu estranharia. Se bem que com o Tiago tudo é possível.

Dizem as más linguas que, quando ele nasceu, teve de levar 32 palmadas no bum-bum!!!
- Espera aí: o normal é o médico dar 3 palmadinhas no bum-bum do bebê...
- Acontece que o Tiago não queria largar o relógio do médico!!!
(eh eh eh eh)

Tiago Paixão disse...

Duas coisas....

primeiro era uma médica... A Drª Maria Helena... O relógio era um Rolex... lindo.... uma maravilha... tu também iria querer pegar... E mais não levei palmada... mas minha mãe costuma dizer que eu olhava com raiva pra médica e que eu cai de volta ao lugar de onde havia saído.

Carlos Mota disse...

Então vamos a outra piadinha envolvendo parto.

A mãe estava naquela posição para dar à luz gêmeos. Dois meninos. O parto um pouco difícil. O médico puxou o primeiro bebê e deu 3 palmadinhas. a criança não chorou. Bateu mais umas nove vezes e plóft, o bebê escorregou das mãos do médico e caiu de volta dentro da mãe. Na barriga, o outro menino ficou surpreso.
- Ué, tu voltou???
- Pô, meu, fica quieto aí que tá dando a maior pauleira lá fora!!!