quarta-feira, 12 de setembro de 2007

As minhas razões ... não são as mesmas do Vininha

É uma saudade tão doída de você...
Que eu não sei mais nada não...
E é isso ai sempre que o amor não pode ser...
Sempre que a distância pode mais que o coração...
Olhos que se olham mas que não se podem ter...
Mãos que estão unidas mas não estão...
Olhe meu amor tudo o que eu quero é nunca ser...
Mais uma recordação...
Fomos enganados pelo tempo...
Teu amor chegou tarde demais...
E o amor é sempre um sentimento...
Que a separação não deixa em paz...
Pode ser assim, mas quem sou eu pra resolver...
As razões do coração...
Olha meu amor tudo o que eu quero é nunca ter...
Mais uma separação....

3 comentários:

Arki disse...

Eu amo!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tiago Paixão disse...

Mais um comentário excluído... Infelizmente eu tive de adotar a moderação de comentários