segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Tão fraco

Caros amigos:

Há dias eu não escrevo mais do que aquilo que considero a minha obrigação. Na realidade eu estou me sentindo um tanto fraco. Alguns problemas aconteceram e poucas pessoas sabem do que estou falando. Queria pedir desculpa amigos por que tenho trazido nada de alegria nesse blog. Além disso as vezes, como agora, estou usando ele para desabafar meus problemas.

Há algum tempo eu conversava com uma amiga querida que me dizia sobre um estranho desejo de dormir e não acordar... Eu sei exatamente o que é isso...

Para aqueles que desconfiam que seja mal de amor, de fato é ... um mal de um amor desde o dia que eu nasci... A pessoa que mais me amou, me mais me cuidou está me deixando... Não tenho mais força pra pedir pra essa pessoa ficar... então que vá em paz...

Desde antes de tu partir, já fica a saudade...

3 comentários:

Carlos Mota disse...

A pessoa que mais te amou e mais te cuidou com certeza se souber da tua tristeza, será ainda mais triste do que tu e poderá pensar que falhou. A tristeza é natural em todos nós; insensível daquele que não entristece pelas pessoas a quem ama. Mas é preciso, como diz a música, levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima. Lembra que na vida de outras pessoas és tão importante quanto é para tí a pessoa por quem estás triste. Eu também já fiquei triste muitas vezes, mas muitas vezes tive que superar a tristeza, ciente de que a minha dor causará dor em quem eu não quero que sofra.

Um abraço.

Ollie disse...

O que resta a mim a não ser oferecer a sensação do abraço que eu não posso te dar pessoalmente?

Estou aqui. Longe, mas estou aqui.

Anônimo disse...

Força... Sinta o abraço que te dou nesse momento.
Amaranta.