quarta-feira, 8 de julho de 2009

Quarta

Da Redação
Morreu há 10 anos o Payador, poeta e radialista, Jayme Caetano Braun. Ele nasceu em Timbaúva (hoje Bossoroca), na época distrito de São Luiz Gonzaga, na Região das Missões no Rio Grande do Sul. Durante sua carreira fez diversas payadas, poemas e canções, sempre ressaltando o Rio Grande do Sul, a vida campeira, os modos gaúchos e a natureza local. Jayme sonhava em ser médico mas, tendo apenas o Ensino Médio, se tornou um autodidata principalmente nos assuntos da cultura sulina e remédios caseiros, pois afirmava que "todo missioneiro tem a obrigação de ser um curador".

Notícia
O Presidente Lula viajou em 7 anos de mandato, o equivalente a um ano. Segundo o Palácio do Planalto, as viagens rendem muitos frutos ao Brasil.

Da Redação
Quarta-feira é dia de Poesia. Poesia Missioneira. O dia é do Jayme e do Basso. Sobre a notícia, você decide. Eu não falo nada!

3 comentários:

Márcia Bahlis Moreira disse...

Jayme Caetano Braun foi antes, para mim, o nome de um viaduto na Nilo Peçanha, onde eu pegava o T7... hehehe
Ainda bem que tenho um noivo-enciclopédia que me abastece de cultura geral... ;o)

Márcia Bahlis Moreira disse...

Jayme Caetano Braun foi antes, para mim, o nome de um viaduto na Nilo Peçanha, onde eu pegava o T7... hehehe
Ainda bem que tenho um noivo-enciclopédia que me abastece de cultura geral... ;o)

Felipe Basso disse...

Eu não fui criado guacho
Graças ao deus soberano
Mamei até o sobre -ano
Sem misérias nem surpresas
Porém conheço as tristezas
Dos guachos sem lar nem teto
E sei que a fome de afeto
É a mais cruel das pobrezas.

E não digo mais nada!