quinta-feira, 17 de julho de 2008

História
(Um ano)

O vôo TAM 3054 foi uma linha aérea de passageiros que ligava as cidades brasileiras de Porto Alegre e São Paulo. Tornou-se conhecido pelo vôo do dia 17 de julho de 2007, operado pela aeronave Airbus A320 prefixo PR-MBK da companhia brasileira TAM Linhas Aéreas, que chocou-se contra um prédio da empresa TAM Express situado nas proximidades da cabeceira da pista do Aeroporto de Congonhas, do lado oposto da avenida Washington Luís. bordo do avião acidentado estavam 187 pessoas: 181 passageiros, 19 dos quais eram funcionários da TAM, e seis membros da tripulação. Todas as pessoas a bordo da aeronave morreram na colisão, e, incluindo as pessoas que não estavam a bordo, o número total de vítimas fatais do acidente foi 199.

Notícia
(Santo)

Salvatore Cacciola chegou a Polícia Federal às 5h14min, sem ser visto pelos repórteres. Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça garantiu que Cacciola não fosse algemado pelos agentes federais. Após passar pela Superintendência da PF, ele seria apresentado à Justiça Federal no Rio. Sgundo o advogado do ex-banqueiro, Carlos Eluf, Cacciola afirmou que "está contente por voltar ao Brasil e que confia na Justiça".

Da redação
(Algemas)

O Zé das couves que roubou um pão com manteiga pode ser algemado. Ponto! Tem gente que gosta da justiça brasileira. Um ano de uma tragédia. Eu perdi uma professora e a segurança quando algum querido viaja de avião. É o Brasil, essa piada de mal gosto.

Um comentário:

feliciomeincke disse...

Perdi um amigo nesse voo. a mesma tristeza que me abateu naquele dia voltou hoje.