segunda-feira, 9 de junho de 2008

Torres de Babel - (força) CARLINHA


Tem dias em que a gente tá murchinho, que nem uma florzinha arrancadado pé. Hoje eu acordei tri bem, mas ao botar o nariz pra fora daporta, acabei me sentindo com uma florzinha arrancada do pé. O dia tá feio aqui em Santa Maria, o mundo está desabando e nada de sol. A previsão é de frio ainda mais forte até quarta-feira, inclusive com possibilidade de geada! O fim-de-semana já vinha anunciando o quadro dessa segunda-feira. Mas o bom é que no findi dá pra variar um pouquinho, sair, fazer algo diferente. Dessa vez, saímos o Carlos, uma de minhas melhores amigas, minha mana e eu... Sim! Eu finalmente consegui desentocar a minha mana. Saiu à noite pela primeira vez e até tomou drink (sem álcool)... Pra um fim-de-semana que tinha tudo pra ser "chocho" eu até fui bem feliz! Só faltou a pipoca e o filme, nomais, teve até Renato Mirahil fazendo um showzinho quase particular pra nós... Mas que maravilha, só em falar nisso, já melhorei o meu humor. Me lembrei daqueles versos: "o pensamento parece uma coisa à toa/ mas como é que a gente voa qdo começa a pensar?". Talvez use mais essa receita nesses dias frios e chuvosos de inverno.
abraço!

3 comentários:

Carlos Mota disse...

Não tenho absolutamente nada contra as segundas-feira; até gosto. Mas a de hoje está fora do normal. Seis e vinte da manhã fui pegar o carro no estacionamento; pneu dianteiro direito completamente vazio. Como roubaram a chave de rodas e o macaco, consegui emprestado, depois de muito procurar alguém a esta hora da manhã, na rua e com muita chuva. Peguei o estepe, vazio. Peguei o estepe e fui na máquina de ar do posto: estragada. Fecha o carro e tenta pegar um taxi em dia de chuva. Mais de 35 minutos tentando e nada. A saída foi caminhar cerca de um quilometro embaixo de uma chuva igual a de Santa Maria. No caminho, uns quatro motoristas filhos de uma égua passaram nas poças dágua e me molharam(o guarda-chuva evita só em cima). cheguei na parada do ônibus e esperei 17 minutos, sem aparecer o Linha 195-TV. Até que apareceu um taxi vazio. Cheguei que era um pinto molhado. De raiva com o mundo, esbravejando. De tão irritado que fiquei, acabei sendo putiado pelo Tiago por uma observação besta que fiz sobre um programa que tem um jhornalista dos bons e um chef francês, falando em vinhos.
Hoje é segunda-feira. Acho que mais nada contra mim vai acontecer. Se bem que o dia é looooooongooooo!!!!!!!

Tiago Paixão disse...

Para esclarecer....

Em cinco minutos de TV ligada no canal que "ELE" escolheu ... ele chamou o Renato Machado de viado... Disse que era um cara fora de realidade e mais alguns impropérios... eu no quarto... momento de IRA desisti... e coloquei os fones nos ouvidos pra não ouvir a ranzinzisse (existe essa palavra?) dele

Tiago Paixão disse...

Para esclarecer....

Em cinco minutos de TV ligada no canal que "ELE" escolheu ... ele chamou o Renato Machado de viado... Disse que era um cara fora de realidade e mais alguns impropérios... eu no quarto... momento de IRA desisti... e coloquei os fones nos ouvidos pra não ouvir a ranzinzisse (existe essa palavra?) dele