sexta-feira, 2 de novembro de 2007

SEXTA

História
(dia morto)

Uma Breve pesquisa indica que a origem do dia de finados está ligado a uma curiosidade. Até o ano de 998, os cristãos acreditavam que só poder-se-ia rezar e invocar aos santos e mártires. A partir do pedido de Santo Odilon, estabeleceu-se um dia em que seriam lembrados os demais mortos. Esse dia deveria ser logo após a celebração de todos os santos. Escolhido então, o dia de finados é celebrado há mais de mil anos.

Notícias
(Macalão)

O Ministério Público (MP) ingressou com ação nesta quinta-feira pedindo que a Justiça condene Ubirajara Amaral Macalão e outras sete pessoas a devolverem ao erário R$ 3.314.764,41, valor do prejuízo causado à Assembléia Legislativa com a fraude dos selos. A ação tramitará na 3ª Vara da Fazenda Pública. Para garantir o ressarcimento do valor, a Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público solicitou o bloqueio dos bens dos envolvidos.

Da Redação
(Feriado)

Hoje é dia de finados e eu aproveito pra dizer que a grana roubada pelo Macalão está morta. Piadas a parte, o erário não verá mais a cor do dinheiro, lamentavelmente. Ainda sobre dias de finados, lembrem-se, além de descansar bastante no feriado, de lembrar-se verdadeiramente dos seus mortos, dos familiares e daqueles que infelizmente não estão mais entre nós. Lembro com carinho do meu Avô Joaber querido e da minha Vó Julieta. O Vô certamente está mandando ver no céu, enquanto a Vó Julieta está cuidando de todos os cães e plantinhas do Jardim de Deus.

Um comentário:

Marcia disse...

Fico feliz em saber que a Diana, o Argus, a Raisa, o Toquinho e a Lets estão bem cuidados!
E deixo aqui o meu carinho e saudades do Vô Moreira e da Vó Delcy, queria muito ter passado mais tempo com eles, mas onde quer que eles estejam sei que estão cuidando de mim...