segunda-feira, 12 de novembro de 2007

SEGUNDA

HISTÓRIA
(Feijoada)

Ao contrário da já assentada concepção do surgimento do prato nas senzalas, feito a partir das sobras de carne da casa-grande a feijoada teria surgido no século XIX a partir da adaptação do cozido à portuguesa, prato que remonta ao Império Romano e encontra seus semelhantes na Itália, casouela, e na França, cassoulet. Neste caso, os portugueses acrescentaram ao prato o feijão-preto, pois a mistura de carnes com legumes e feijão era um tabu alimentar para os colonos e, além disso, o rabo, as orelhas e os pés de porco não eram considerados restos e eram muito apreciados na Europa.

NOTÍCIA
(entregue ou...)

Um espanhol foi condenado na sexta-feira a pagar uma multa de 50 euros por simular um assalto com uma bandeja de coxinhas de galinha. Depois de fazer compras em um supermercado de Terragona, ele decidiu entrar em uma loja. Quando foi atendido, gritou para a vedendora: "Quero todo o dinheiro do caixa". Nesse momento, ele escondeu o braço dentro do casaco, simulando a posse de uma arma. Pelo menos foi isso o que entendeu a vedendora. Muito assustada, ela abriu o caixa, juntou o dinheiro e, quando foi entregá-lo ao suposto asssaltante, ele disse que tudo não passava de uma brincadeira e mostrou a coxinha de galinha.

DA REDAÇÃO
(Se todos fossem...)

Se todos os assaltos fossem assim.... Entregue tudo... senão eu sujo a sua camisa de gordura. Quanto a feijoada, acho que não pode-se atribuir a autoria para apenas uma pessoa... não raro as obras de arte são feitas por muitas mãos... Deu fome...

Um comentário:

Carlos Mota disse...

Eu adoro feijoada e, independente da origem, é muuuuiitooo bom.

Assaltar com coxinha de galinha??? Putz, agora só falta usar a asinha para fazer paraglider!!!!