quarta-feira, 21 de novembro de 2007

QUARTA

HISTÓRIA
(Enrolado)

Certa vez o romancista Lima Barreto teria sido confrontado a uma situação que precisava fazer uso de uma figura de linguagem para dizer que alguém estava atrapalhado. Ele então teria dito que a pessoa em questão estaria trocando os pés pelas mãos tal qual um macaco. A expressão pegou e é utilizada até hoje. Quando quer se dizer que alguém está atrapalhado, diz-se que "enfiou" os pés pelas mãos.

NOTÍCIA
(é lixo?)

A obra "Tres Personajes", de Rufino Tamayo, que foi achada há quatro anos no meio do lixo numa rua de Nova York, foi vendida nesta terça-feira (20) por US$ 1 milhão durante um leilão de arte latino-americana da casa Sotheby's. A pintura, realizada pelo artista mexicano em 1970 e roubada há duas décadas, foi posta à venda na sede de Nova York da casa de leilões, com um preço estimado entre US$ 750 mil e US$ 1 milhão. Ela era uma das maiores atrações da primeira sessão de vendas de arte latino-americana. O preço final foi de US$ 1.049.000.

DA REDAÇÃO
(Do Editor)

A notícia aí em cima é descuido lamentável. Lamentável para o antigo dono que jogou 1 milhão de doletas no lixo. Acontece... Quem mandou faltar as aulas de história da arte. É o preço que se paga (ou que se deixa de receber) por simplesmente desprezar, fingir que a arte não existe ou não é importante. Cada um na sua...Posso dizer que esse trocou os pés pelas mãos e ficou pendurado no pincel.

7 comentários:

Carlos Mota disse...

Esta de ficar pendurado no pincel arruinou as aparas da minha unha encravada e azedou meu líquido biliar.

Nina 512 disse...

eu gosto da analogia que você sempre faz no final, utilizando as duas informações acima...

informações essas que sempre são novas pra mim.

mas não acho que "o dono" teria sido capaz de ter jogado a tal obra de arte fora... com certeza ela foi roubada ou achada, e a pessoa em questão n deu o devido valor a ela...

FATO!

bom dia!

*^^*


bjox x x

Nina 512 disse...

eu gosto da analogia que você sempre faz no final, utilizando as duas informações acima...

informações essas que sempre são novas pra mim.

mas não acho que "o dono" teria sido capaz de ter jogado a tal obra de arte fora... com certeza ela foi roubada ou achada, e a pessoa em questão n deu o devido valor a ela...

FATO!

bom dia!

*^^*


bjox x x

Nina 512 disse...

ah! e claro... sobre a "História":

eu sempre ouvi a minha avó usar esse termo pra dizer q alguém está se precipitando, fazendo algo que não deve, ou mais do que pode...


bjox x x

A Menina Ruiva disse...

Essa história de ficar pendurado no pincel, não caíria bem no caso do pintor aquele, o Tim Patch.

Homem do Contra disse...

Isso no mínimo era um quadro muito do feio, se fosse bonito não teria parado no lixo. Não me admira que isso aconteça em NY, maior aglomeração populacional do povo mais injustificadamente aculturado do mundo. Lembra-me aquela andota de salão. "Quem duas línguas é bilingue, quem fala várias, poliglota. E quem fala uma só? Provavelmente americano.

Homem do Contra disse...

Pois pra mim isso é "se meter de pato a ganso."