segunda-feira, 2 de julho de 2007

Adios amigos



Só queria fugir. Sem maiores explicações. Simplesmente escafeder-me. Sem pompa, sem circunstância e muito menos salamaleques.
Nada demais, simplesmente ir embora.
Não se trata de tristeza, dor ou uma depressão qualquer. Só queria ir embora. Conhecer o mundo, de repente outro mundo com cores diferentes.
Certamente iria levar algumas pessoas comigo. Muitas lembranças e amor que nunca foi negado pelos meus queridos.
Acredite, não estou triste... Estou feliz... Poderia morrer hoje, morreria feliz. Saudoso, mas feliz.
A dor alimenta a poesia, a saudade alimenta a criatividade. Acredite... Penso no que cada um de vocês faz a cada dia... Gostaria de levar, junto comigo muitas cartas de saudade.Amados... Sejam felizes, onde quer que estejam... ainda assim estarei sentindo saudade.

Um comentário:

Taíse disse...

Quando você fugir, passa por aqui, no Sul da Bahia, e me leva com você. Também tô precisando dar uma escapada, uma voltinha mais longe. Beijo